Aluno do IADE desenvolve ferramenta pioneira de estimulação cognitiva para doentes com demência

O aluno João Bernarda, no âmbito do PhD em Design do IADE, com coordenação da Professora Doutora Ana Margarida Ferreira, criou uma ferramenta de estimulação cognitiva que tem como objetivo incentivar as memórias de pessoas com demência, através da qual, a capacidade de descrever, assimilar e interpretar é trabalhada de forma integrada entre utente e cuidador.
  • Início
  • Notícias
  • Aluno do IADE desenvolve ferramenta pioneira de estimulação cognitiva para doentes com demência
Aluno do IADE desenvolve ferramenta pioneira de estimulação cognitiva para doentes com demência
18 fevereiro 2021
O aluno João Bernarda, no âmbito do PhD em Design do IADE, com coordenação da Professora Doutora Ana Margarida Ferreira, criou uma ferramenta de estimulação cognitiva que tem como objetivo incentivar as memórias de pessoas com demência, através da qual, a capacidade de descrever, assimilar e interpretar é trabalhada de forma integrada entre utente e cuidador.

A aplicação desta ferramenta, semelhante a um “puzzle”, pretende a estimulação psico-motora e a recuperação de memórias (emocionais, físicas, temporais ou outras passíveis de recuperar), a estimulação de novos temas de discussão e conversação, com vista a proporcionar uma maior dinâmica na comunicação oral e exercitar a recuperação de diferentes tipos de memória do utente, incentivando a sua utilização numa lógica de prevenção e, simultaneamente, de intervenção ao nível do treino e estimulação cognitiva.

O puzzle consiste num jogo de caráter terapêutico que leva à interação de peças deslizantes, com dimensão variável e uma imagem de fundo (ex.: fotografias de familiares ou outros). Esta atividade, cujo tempo médio de utilização é de cerca de 15 minutos por imagem, permite uma análise mais cuidada de cada fração, possibilitando um acréscimo de dados descritivos por parte do utente, favorecendo a análise das capacidades cognitivas e histórias de vida do doente.

A Associação Alzheimer Portugal foi uma das instituições que acolheu o protótipo desta nova ferramenta de estimulação cognitiva, tendo recebido já exemplares para aplicar nos diversos serviços espalhados pelo país, dedicados às pessoas com doenças relacionadas com demência e Alzheimer.

A Associação ficará responsável pelo teste desta ferramenta a nível nacional e, na sequência desta ação, se os dados validarem a pertinência da mesma, poderá ser adquirida por outros centros especializados em doença progressiva degenerativa.

Estudantes do mestrado em Branding e Design de Moda do IADE ditam tendências para primavera/verão 2024
13 abril 2024
Ler mais
Tech4Good no IADE para promover a tecnologia e inovação
22 março 2024
Ler mais
Ver mais notícias
Share