Se continuássemos a cantar o fado de 60, talvez este já tivesse morrido

Carminho, licenciada em Marketing [https://www.iade.europeia.pt/cursos/licenciaturas/licenciaturas/marketing-e-publicidade] pelo IADE-UE, em entrevista ao "Vozes ao Minuto", levanta um pouco do véu da sua essência, das suas memórias e do que realmente gosta de fazer.
  • Início
  • Notícias
  • Se continuássemos a cantar o fado de 60, talvez este já tivesse morrido
Se continuássemos a cantar o fado de 60, talvez este já tivesse morrido
15 março 2019
Carminho, licenciada em Marketing [https://www.iade.europeia.pt/cursos/licenciaturas/licenciaturas/marketing-e-publicidade] pelo IADE-UE, em entrevista ao "Vozes ao Minuto", levanta um pouco do véu da sua essência, das suas memórias e do que realmente gosta de fazer.

Citando o Notícias ao Minuto,

"Tirei este curso no IADE porque de alguma maneira queria que a minha criatividade estivesse presente na minha vida. Foi quase um equivoco, mas foi um bom equivoco. Ajudou-me de imensas maneiras, acho que um curso traz-nos imensas mais-valias, não só de cultura geral como também do próprio método. Contudo, continuava sempre, durante a faculdade, a ir para casas de fado e era aí que tirava dinheiro para viver, viajar e dar a volta ao mundo quando dei. Nessa altura, achava que o fado era um hobbie, que estava sempre lá e que não podia ser uma profissão e foi exatamente por isso que fui para marketing".

Veja a entrevista completa aqui.

Share

Av. Dom Carlos I, 4

1200-649 Lisboa. Portugal

+351 213 939 690

© 2023 IADE. Todos os direitos reservados.