IADE analisa a (G)localização do design

A UNIDCOM - Unidade de Investigação em Design e Comunicação do IADE e o IADE - Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia promoveram a 10ª Conferência Internacional Senses & Sensibility, de 27 a 29 de novembro, sob o tema “Lost in (G)localization”, na Sociedade de Geografia de Lisboa.
  • Início
  • Notícias
  • IADE analisa a (G)localização do design
IADE analisa a (G)localização do design
29 novembro 2019
A UNIDCOM - Unidade de Investigação em Design e Comunicação do IADE e o IADE - Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia promoveram a 10ª Conferência Internacional Senses & Sensibility, de 27 a 29 de novembro, sob o tema “Lost in (G)localization”, na Sociedade de Geografia de Lisboa.

Partindo do termo “glocalizar” que se tornou popular nos anos 80 e que significa, no contexto do marketing, a criação de produtos ou serviços para o mercado global tendo em consideração as culturas locais, a conferência do IADE reuniu investigadores que apresentaram as suas pesquisas, discutiram direcções emergentes e desafios futuros que estão na vanguarda da investigação em design.

Lost in (G)localization pretendeu promover um novo pensamento em direção a um diálogo convincente, significativo e radical sobre o papel que o design desempenha na abordagem de questões sociais e organizacionais.

Os keynote speakers convidados para esta 10ª edição são personalidades de renome mundial na área do design como Rachel Cooper, da Universidade de Lancaster, que estuda temas como design thinking, gestão do design, política do design bem como o design socialmente responsável.

Paul Hekkert, da Delft Universitiy of Technology, abordou o impacto do design considerando de que forma é que este influencia o bem-estar da sociedade e de como os produtos afetam a experiência e o comportamento humanos.

Bruce Brown, formado pelo Royal College of Art em Londres e atual presidente do painel de Artes Criativas do Exercício de Avaliação de Investigação de Hong Kong 2020 abordou a experiência do design, nomeadamente a forma como experimentamos o mundo e tomamos decisão na atualidade. De destacar que foi uma das personalidades convidadas pelo Governo Português para a Reforma do ensino superior de artes e cultura em Portugal e presidiu ao Painel de Bolsas de investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia do Governo Português.

Luís Rocha, Diretor de Relações Públicas e Acesso ao Mercado da Novatis, e especialista na área da saúde, abordou o tema: “Saúde: desafios globais nas soluções locais do design”.

Paralelamente às conferências decorreram workshops com oradores internacionais e nacionais sobre novas perspetivas do design. A conferência analisou a relação entre local e global no contexto do design em combinação com outras disciplinas como: diversidade e inclusão; comunicação e marcas; culturas; educação; entretenimento, saúde, inovação, gestão, tecnologia ou sustentabilidade e economia circular.

A Senses & Sensibility pretende ser um fórum de discussão de design e composto por participantes que, independentemente da sua profissão ou área de trabalho estão dispostos a apresentar e a debater visões convincentes, inspiradores e esclarecedoras sobre o estado atual e futuro do design.
Nesta edição foram aceites 122 comunicações e 8 workshops de investigadores provenientes de países como Brasil, Itália, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Dinamarca, Turquia, Países Baixos, Estados Unidos da América, Canadá, China, Colômbia, México, Chile, India, entre outros.

 

Mais informação em: http://senses2019.unidcom-iade.pt/

Share

Av. Dom Carlos I, 4

1200-649 Lisboa. Portugal

+351 213 939 690

© 2023 IADE. Todos os direitos reservados.