MEDIA

Comunicados de Imprensa

19/jul/2019 16:58:00

IADE recebeu estudantes de todo o País no GameDev Student Showcase


Lisboa, 19 de julho de 2019 - O IADE – Faculdade de Design, Tecnologia e Comunicação da Universidade Europeia organizou ontem uma exposição de jogos criados por estudantes de todo o país, no Campus de Santos.

A mostra incluiu projetos elaborados por estudantes do ensino superior e profissional, no âmbito dos cursos na área de desenvolvimento de jogos e Game Jams que decorreram durante o ano letivo de 2018/19, e reuniu o talento de estudantes de todo o país.

Estiveram mais de 40 projetos e 80 estudantes de sete instituições de norte a sul do país. Os principais representantes da indústria de jogos marcaram presença para conhecer os trabalhos destes jovens talentos.

Ricardo Correia, presidente da Indie-X e da Playsation Talents, realçou a importância da iniciativa que “é uma prova do crescimento do mercado e vermos como é que os estudantes já têm jogos com tanta qualidade e o que está a ser feito de norte a sul do país é um ótimo augúrio para a indústria dos videojogos”.

Isaque Sanches, game developer, game designer e fundador da Not a Game Studio congratulou o IADE pelo evento reforçando que “há muito tempo que não havia nada com esta qualidade. O ensino hoje é muito mais interessante e eu hoje estou aqui a aprender com quem está a aprender. Parabéns a quem organizou!”.

À iniciativa juntaram-se ainda professores de outras instituições como Ivan Barroso, Professor na ETIC que elogiou “as características técnicas e criativas do evento bem como os projetos que se apresentaram são muito acima da média”. Filipe Luz, diretor da licenciatura de videojogos na Universidade Lusófona de Lisboa e antigo aluno do IADE classifica o evento como uma “ótima oportunidade para os alunos se conhecerem e uma iniciativa onde a concorrência fica de fora em prol dos estudantes. Há trabalhos muito interessantes que mostram um ensino em crescimento. É incrível o nível que atingimos atendendo ao facto que são licenciaturas muito recentes”.

Os estudantes tiveram a oportunidade de mostrar os seus jogos e tomar conhecimento acerca do que está a ser desenvolvido noutras instituições. Pedro Nunes, da Universidade Lusófona de Lisboa, apresentou o jogo Glorious Hunt e trocou “impressões num ambiente incrível”. André Cruz, estudante do Politécnico de Setúbal apresentou o jogo Infinity Battle e conheceu “outros projetos para expandir mais horizontes”. Flávio Silva, da ETIC do Algarve, reforça o ambiente e a qualidade dos jogos apresentados. “Tive a oportunidade de experimentar o jogo Adrenabot com gravidade divertida, velocidade rápida e teletransporte”, acrescenta.

A iniciativa teve um balanço muito positivo e destaca a tecnologia enquanto área privilegiada pelo IADE juntamente com a informática, o design a arte e as humanidades. Através das suas licenciaturas, o IADE procura responder diretamente às necessidades do mercado no desenvolvimento de competências que são exigidas aos profissionais híbridos do futuro nas áreas de audiovisual, digital, multimédia, aplicações web e jogos.

Para Bruno Silva, Coordenador da iniciativa e da licenciatura de Desenvolvimento de Jogos e Aplicações no IADE, “O objetivo desta mostra foi amplamente conseguido. Reunimos a criatividade e a partilha de conhecimento entre estudantes, juntámos professores de outras instituições e demos a conhecer muitos trabalhos e talento à indústria de jogos”.

 


AGENDA

Conheça os próximos eventos do IADE.

VER AGENDA

 

Facebook Feed