MEDIA

Comunicados de Imprensa

20 de dez de 2016 12:16:57

IADE organiza itinerários para ver Lisboa através do olhar feminino


Entre 15 de setembro e 31 de outubro, o público terá a oportunidade de conhecer com mais detalhe a arquitetura moderna da capital portuguesa

 

Lisboa, 5 de setembro de 2016 - Lisboa está cada vez mais na moda. Seja pelas praias e paisagens, pela gastronomia e enologia, ou pela oferta cultural, a verdade é que a cidade portuguesa tem conquistado cada vez mais adeptos, sendo que, segundo dados provisórios do Instituto Nacional de Estatística no portal TravelBI, Portugal recebeu, nos primeiros seis meses do ano, mais de oito milhões de turistas e teve uma receita turística de cinco mil milhões de euros. Viajar passou, assim, a ser condição do cidadão global que procura experiências enriquecedoras. 

Por isso mesmo, o projecto MoMoWo - Women’s creativity since the Modern Movement, representado em Portugal pelo IADE, um dos seus sete parceiros internacionais, propõe um diferente modo de visitar Lisboa, dando a conhecer a herança cultural produzida por designers, arquitetas e engenheiras civis. Os Cultural-Touristic Itineraries – traçados por todos os parceiros do projeto, para cada cidade que lhes corresponde – estão disponíveis online e através do Google Maps, sendo depois distribuídos sob a forma de publicação impressa. Os percursos pela capital portuguesa estão integrados na “Exposição Itinerante – Travelling Exhibition” que inaugura em Lisboa no dia 15 de setembro, na Fundação Portuguesa das Comunicações, às 18h30. 

Três “viagens” para conhecer 19 edifícios emblemáticos

Os três itinerários traçados para Lisboa, delineados por Maria Helena Souto, docente do IADE e responsável científica do projeto em Portugal, são uma oportunidade única e inédita para o público conhecer a arquitetura moderna da cidade de Lisboa, através de edifícios que tiveram intervenção de mulheres designers, arquitetas e engenheiras civis. Estes itinerários apresentam três percursos – “From the Downtown Lisbon to the Hills”; “From Santos to Belém”; e “Modern Lisbon” – destacando obras como o MUDE – Museu do Design e da Moda, o Palacete Ribeiro da Cunha, o Museu Nacional dos Coches, o anfiteatro da Fundação Calouste Gulbenkian ou o Teatro Tália. 

A equipa internacional do MoMoWo criou dezoito itinerários, três para cada um dos países parceiros: Espanha, França, Itália, Eslovénia e Países Baixos. O download dos documentos pode ser feito através do link http://www.momowo.eu/publications/books/

Uma exposição com mais de cem obras sobre mulheres europeias

Coordenada em Lisboa por Maria Helena Souto, docente do IADE e responsável científica do projeto em Portugal, a “Travelling Exhibition” está organizada em duas secções. A mostra exterior, organizada pela equipa MoMoWo do IADE e com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, apresenta as reportagens fotográficas dos finalistas e vencedores do Concurso Internacional de Fotografia (que decorreu no início do ano), cujo desafio consistiu em retratar as artistas das áreas do design, arquitetura e engenharia civil, nos espaços privados das suas casas, fazendo a ligação entre o quotidiano e o trabalho profissional. Com entrada gratuita, os projetos podem ser vistos no Largo Vitorino Damásio, em Lisboa. 

Já a exposição interior resulta de uma parceria entre o instituto universitário e a Fundação Portuguesa de Comunicações. A mostra expõe um projeto digital interativo chamado “100 obras em 100 anos: Mulheres Europeias na Arquitetura e no Design” que exibe, numa linha temporal, obras criadas por arquitetas e designers, permitindo compreender a importância dos seus contributos para as respetivas áreas profissionais, mas também para a cultura da Europa. Os interessados podem apreciar este trabalho no edifício da FPC, de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00, ou no sábado, entre as 14h00 e as 18h00. A entrada é gratuita. 

A Exposição Itinerante – Travelling Exhibition, permanecerá em Lisboa até dia 31 de outubro, seguindo depois para Grenoble, Amesterdão, Liubliana e Turim. A mostra esteve já patente em Oviedo, sede da coordenação geral da Exposição, a cargo de Ana Maria Fernandez Garcia, responsável científica pela Universidade de Oviedo. O MoMoWo – Women’s creativity since the Modern Movement é um projeto de cooperação europeia em larga escala, cofinanciado pelo Creative Europe Programme within the Culture sub-programme, cujas actividades decorrem até 2018, ano em que termina o projeto


AGENDA

Conheça os próximos eventos do IADE.

VER AGENDA

 

Facebook Feed